o que temos:

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Microscopia do amido


Microscopia amido


O objetivo disto é analisar a morfologia dos amidos sob microscopia eletrônica e as propriedades físicas deles

Amido de trigo: obtido de frutos de Triticum vulgare L., Poaceae

Apresentam dois tipos de grãos: os maiores são lenticulares quando vistos de frente ou biconvexos quando vistos de lado, arredondados ou ovalados, com estrias pouco visíveis e hilo pontuado em raros grãos. Os menores têm forma arredondada ou ligeiramente poligonal. Em média medem 20 a 30 μm.


Amido de milho: obtido de sementes de Zea mays L., Poaceae

Os grãos oriundos da periferia da semente são poliédricos achatados, ligeiramente abaulados. Os da parte interna são ovoides e menores, apresentando hilo pontuado ou estrelado. Medem em média 30 μm.


Amido de arroz: obtido de frutos de Oryza sativa L., Poaceae
Apresenta tamanho muito pequeno e contorno poliédrico. São amidos do tipo compostos, portanto em microscopia são visualizados em pequenos grupos ou agregados irregulares. Medem de 2 a 8 μm, podendo chegar a 10 μm.


Fécula de batata: obtida de tubérculos de Solanum tuberosum L., Solonaceae

Os grãos são elipsoides, ovais, periformes, arredondados, subtriangulares, com lamelas excêntricas e bem visíveis. O hilo é pontuado e excêntrico. Os grãos menores, de 6 a 15 μm, formam geralmente agrupamentos de dois ou mais grãos. Os grãos maiores variam de 40 a 70 μm, podendo chegar a 100 μm.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário